Inserção da População Negra no Mercado de Trabalho

BOLETIM EM PDF ANEXO ESTATÍSTICO 

Novembro 2014 – Os Negros no Mercado de Trabalho da Região do ABC: O mercado de trabalho no biênio 2012-2013

Região:   ABC

Resumo:

Aspectos da inserção do negro no mercado de trabalho da região do ABC

Como contribuição ao debate sobre a participação do negro no mercado de trabalho, a Fundação Seade, o Dieese e o Consórcio Intermunicipal Grande ABC apresentam informações extraídas da Pesquisa de Emprego e Desemprego – PED que ilustram aspectos da inserção dos negros no mercado de trabalho da Região do ABC. O objetivo do trabalho é de colaborar na compreensão e, eventualmente, na elaboração de políticas públicas que atenuem as desigualdades existentes entre negros e não negros.2

Da análise dos dados é possível identificar pequenas reduções nas disparidades no tocante aos rendimentos e desemprego de negros e não-negros. Enquanto a taxa de desemprego total na região do ABC, foi reduzida em 0,4 pontos porcentuais, entre os biênios 2010-2011 e 2012-2013, a de negros diminuiu 1,4 ponto porcentual a de não negros, manteve-se relativamente estável. Na mesma base de comparação, os rendimentos médios reais por hora de trabalho dos negros aumentou 14,6%, enquanto a dos não negros cresceu 11,2%.

De modo geral, e não obstante o ciclo de crescimento econômico recente ter contribuído para minorar as desigualdades entre negros e não negros no mercado de trabalho, o que observa-se é que mesmo nessas ocasiões de maior dinamismo econômico e de oportunidades, permanecem as estruturas que perpetuam as desigualdades de acordo com critérios de raça.

 


 Outros boletins do período 2014