Ensaio & Conjuntura
Previdência

Estimativas sobre aposentados em 2030 no Estado de São Paulo

Introdução Arquivo em PDF

 

O governo federal apresentou ao Congresso Nacional, em 5 de dezembro de 2016, a Proposta de Emenda Constitucional – PEC no 287 visando alterar as regras para a obtenção de benefícios previdenciários dos trabalhadores dos setores privado e público da economia. Este estudo busca avaliar os impactos da PEC sobre a quantidade de aposentadorias assistidas pelo Regime Geral de Previdência Social – RGPS (regime gerido pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS que inclui, entre seus contribuintes, os empregadores, empregados assalariados, domésticos, autônomos, contribuintes individuais e trabalhadores rurais) no Estado de São Paulo, em 2030.

Como um dos principais argumentos para alterar a legislação previdenciária baseia-se no processo em curso de envelhecimento da população, faz-se necessário apresentar, inicialmente, um panorama da dinâmica esperada para a população paulista no período, com base nas projeções realizadas pela Fundação Seade. Com isso busca-se delinear o quadro demográfico em que a reforma proposta gerará seus resultados e consequências.