Informações Eleitorais

Manual de Ajuda
Sumário





Este manual objetiva auxiliar o usuário na navegação pelo Sistema de Informações Eleitorais. A estrutura de navegação do sistema permite acessar os resultados das eleições dos candidatos registrados na Justiça Eleitoral no período de 1998 a 2012. Para as eleições de 1974 a 1996, o sistema disponibiliza link para o produto Movimento Eleitoral.

O menu de navegação é apresentado no topo da página inicial, com botões que levam aos distintos módulos de consulta à base de informações:

Cabe ressaltar que os botões também possuem a função de "nova pesquisa", para isso basta clicar no módulo desejado.



Resultados das Eleições

Com essa opção de pesquisa, o sistema apresenta a tela a seguir:

Após a definição dos parâmetros, o sistema apresenta o resultado geral da eleição, o total de votos por partido e os votos nominais por candidatos.

Nas opções "Todos os partidos" e "Todos os candidatos", clique no ícone para visualizar os votos de cada um deles ou em , para realizar o download dos dados.

O sistema disponibiliza a distribuição espacial dos votos por meio do seguinte menu:

Na pesquisa por municípios, o sistema disponibiliza para o Município de Sâo Paulo os dados por Zonas Eleitorais, conforme a tela a seguir:

Para as demais localidades somente é possível a recuperação do total municipal.

Clique no nome de um determinado candidato para que o sistema busque automaticamente as informações na base de Histórico dos Candidatos; o perfil do candidato é exibido em uma nova tela, assim como o histórico de todas as eleições em que ele concorreu.



Histórico dos Candidatos

Selecione essa opção de pesquisa para ver a tela a seguir:

Inicie a pesquisa utilizando os filtros disponíveis ou digite o nome completo, parte deste ou ainda o nome de urna de determinado candidato.

Para pesquisas com a utilização de filtros, o sistema apresenta uma tela indicando o total de candidatos encontrados e habilita o índice alfabético de nomes para procura.

Clique no nome de um determinado candidato para ver seu perfil em uma nova tela, bem como o histórico de todas as eleições em que ele concorreu. O mesmo resultado é apresentado caso a pesquisa seja feita por meio da digitação do nome de um candidato específico.

A distribuição espacial dos votos pode ser visualizada pelo seguinte menu:



Clique na opção "ver resultados da eleição" para que o sistema busque automaticamente a informação na base de Resultados das Eleições. Em uma nova tela, o sistema exibe o resultado geral da eleição para o cargo ao qual o candidato concorreu.



Tabulações Avançadas

Selecione essa opção para ter acesso aos dados individuais de cada um dos candidatos disponíveis na base. Para iniciar a pesquisa, selecione o ano e o turno de interesse.

O sistema apresenta, entâo, uma nova tela, contendo a relação de variáveis disponíveis na base:



Escolha as variáveis e clique no botâo OK. O sistema abre uma nova tela, onde as variáveis selecionadas sâo apresentadas para formatação da tabela.



Formatação da Tabela

Permite escolher a formatação do corpo da tabela, isto é, a ordem de apresentação das variáveis, sua alocação (linha e/ou coluna), a função (média), para as variáveis quantitativas, e o(s) filtro(s) que podem ser aplicados.

As variáveis classificadas como categóricas só podem ser utilizadas na linha e na coluna, e as variáveis quantitativas, apenas no conteúdo. Essa classificação dada por meio de legenda (Q, para variável quantitativa; C, para variável categórica).



Definir Ordem

Na formatação da tabela é possível ordenar as variáveis apresentadas na linha ou na coluna. Por exemplo, exibir em primeiro lugar a informação do "Município onde recebeu votos", em segundo, o "Cargo", e em terceiro, "Votos obtidos". Essa ferramenta está disponível no item "Ordem", localizado no lado esquerdo da tela de formatação da tabela.



Definir Posição e Função das Variáveis

Para cada tipo de variável, o sistema trabalha com funções e posições diferentes.

› Variável categórica: permite apenas uma escolha entre as opções: linha, coluna ou ocultar o dado;



› Variável quantitativa: pode ser utilizada apenas no conteúdo da tabela, em forma de soma ou média aritmética.



Observação: Quando sâo utilizadas apenas variáveis categóricas, o sistema possibilita a exibição de uma tabela de freqüência simples (número de candidatos).



Definir Filtro

O "Filtro" permite estabelecer parâmetros para a exibição da variável selecionada, podendo ser aplicado aos dois tipos de variáveis.

Com relação às variáveis quantitativas, o sistema permite definir os parâmetros conforme o exemplo a seguir:



Já para as variáveis categóricas, as opções de filtro sâo predefinidas pelas respostas existentes na base, por exemplo:



Também existe a possibilidade de utilizar filtros encadeados, isto é, aplicar filtros em diversas variáveis selecionadas, mesmo quando essas nâo sâo apresentadas no corpo da tabela.



Visualização da Tabela

O último passo do processo consiste na visualização do resultado. é possível obtê-lo em HTML ou realizar o download de arquivo CSV, clicando nas opções correspondentes.



Quando solicitada a visualização em HTML, o sistema mostrará a tabela em uma página de navegação do aplicativo em uso (Explorer, por exemplo). Porém, quando solicitado o download de arquivo CSV, o sistema permitirá salvar o arquivo em uma pasta ou abri-lo diretamente em um aplicativo compatível com o formato (Excel, por exemplo), no qual haverá a possibilidade de realizar outros cálculos com base nos dados apresentados.

Tabela

A visualização da tabela em HTML disponibiliza a página com os seguintes dados:



Gerar Mapas

Essa ferramenta permite visualizar mapas a partir da seleção de um indicador.

Para acessar os mapas, é necessário instalar o visualizador do formato SVG por meio do link na tela de geração de mapas.
Clique em , para ver a tela a seguir:



Após o cadastro (ou digitação de usuário e senha válidos), abre-se uma nova tela para a seleção das variáveis:



Após escolher a variável, defina a forma de representação cartográfica a ser utilizada no mapa. As seguintes opções sâo exibidas:

  • tipo de mapa (coroplético e de exagero de pontos, com faixas geradas automaticamente ou personalizadas, segundo uma escala de cores escolhida);
  • número de faixas (inicialmente, o sistema estabelece cinco);
  • forma de distribuição do fenômeno, no caso das faixas geradas automaticamente (linear, logarítmica e de freqüência, sendo que a opção de freqüência é a inicialmente escolhida);
  • cores (inicialmente, de amarelo a marrom).

Caso se opte por mapas coropléticos com faixas personalizadas, é preciso informar a legenda, as cores e os valores mínimo e máximo de cada faixa. Se o tipo escolhido for de exagero de pontos, além dos itens já citados, deve-se informar o tamanho do ponto, utilizando valores de um a dez. Atenção: a faixa é definida entre um valor mínimo (inclusive) e máximo (exclusive), ou seja, o valor definido como máximo nâo será considerado dentro da faixa.

Após configurar seu mapa, clique em e, na mesma tela , em

As variáveis selecionadas anteriormente estarâo disponíveis na opção "Camadas do Usuário", da janela "Camadas Disponíveis", localizada no canto inferior da tela. Para visualizar os diferentes mapas, clique na caixa de seleção à esquerda da camada desejada.

A legenda do mapa escolhido aparecerá no canto inferior direito da tela.



Camadas Disponíveis

Nessa janela, localizada no canto inferior esquerdo da tela, sâo listadas as variáveis anteriormente selecionadas.



Além das "Camadas do Usuário", o sistema disponibiliza, na opção "Divisâo Política", os layers de contornos das Regiões Administrativas e dos municípios, que auxiliam na visualização.

O botâo permite exportar camadas para o Google Earth, desde que esse software já esteja instalado em seu computador. Caso as camadas nâo sejam exportadas instantaneamente, será necessário fazer o download do arquivo com extensâo ".kmz" e abri-lo com o comando File>Open no menu do programa. Para mais informações sobre instalação e uso do Google Earth, visite a página oficial desse programa: http://earth.google.com/.



Ferramentas de Navegação

Esta caixa encontra-se no canto superior direito da tela. Ao descansar o mouse sobre cada ícone, o usuário será informado sobre sua função, de acordo com os itens descritos a seguir.

Informações: aciona mecanismo que exibe o nome da localidade e o valor para a variável, conforme o cursor do mouse é arrastado sobre o mapa.

Zoom mínimo: permite a visualização do mapa inteiro na tela.

Zoom manual: permite que uma pequena área do mapa seja visualizada na tela inteira. Clique e arraste o cursor sobre a tela com essa ferramenta selecionada, e uma caixa será aberta, com início no canto superior esquerdo e final no canto inferior direito da área selecionada.

Mover mapa: com o zoom ativado, permite o deslocamento pelo mapa.

Centralizar mapa: com o zoom ativado, permite centralizar um ponto.

Desfazer: desfaz a última ação realizada com as ferramentas.

Refazer: refaz a última ação desfeita.

Mais zoom: aproxima a visualização do mapa, tendo como referência o centro do mapa ou da área escolhida.

Menos zoom: afasta a visualização do mapa, tendo o centro do Estado ou da área escolhida como referência.

O nome da ferramenta em uso pode ser visualizado na parte inferior da tela.

Para impressâo dos mapas, configure a página em modo paisagem utilizando o navegador.



Perguntas frequentes

- Quando pode ocorrer o 2º turno?
O 2º turno acontece nas eleições para Presidente, Governador e para Prefeito, nos municípios com mais de 200 mil eleitores. Além disso, deve haver mais de dois candidatos no 1º turno de votação e nenhum dos candidatos pode ter conseguido a maioria absoluta dos votos válidos (50% mais um).


- Qual a diferença entre eleições majoritárias e proporcionais?
Majoritárias: quando há uma vaga por cargo, com a eleição de Presidente da República, Governador do Estado, Senadores e Prefeitos. Vence a eleição o candidato mais votado.
Proporcionais: adotadas exclusivamente para cargos do Legislativo, ou seja, para Deputados Federais, Deputados Estaduais/Distritais e Vereadores. As vagas sâo distribuídas conforme a quantidade de votos de cada partido político.


- Como se determina quem foi eleito e quantos foram eleitos por partido em uma eleição proporcional?

  1. Calcula-se o número de votos válidos para o cargo em disputa;


  2. Calcula-se o quociente eleitoral, que é o resultado da divisâo dos votos válidos pelo número de vagas disponíveis para aquele cargo;


  3. Calcula-se o quociente eleitoral do partido ou coligação, que é o resultado da divisâo da soma dos votos válidos de cada partido político (ou coligação), pelo quociente eleitoral. O resultado indica o número de vagas que o partido (ou coligação) obteve. As vagas sâo preenchidas pelos candidatos que obtiveram o maior número de votos dentro do partido ou coligação. Caso o resultado seja menor que 1, o partido (ou coligação) nâo elegeu candidato;


  4. Conforme art. 164 do Código Eleitoral, caso ainda haja vagas nâo preenchidas pela aplicação do Quociente Partidário, elas sâo distribuídas mediante observância das seguintes regras (Código Eleitoral, art. 109):

    1. dividir-se-á o número de votos válidos atribuídos a cada partido político ou coligação pelo número de lugares por eles obtidos mais um, cabendo ao partido político ou à coligação que apresentar a maior média um dos lugares a preencher;

    2. repetir-se-á a operação para a distribuição de cada um dos lugares;
    3. no caso de empate de médias entre dois ou mais partidos políticos ou coligação, considerar-se-á aquele com maior votação (Res. TSE n. 16.844, de 18/9/90);
    4. ocorrendo empate na média e no número de votos dados aos partidos políticos ou coligações, prevalecerá, para o desempate, o número de votos nominais recebidos (Ac. TSE n. 2.845, de 26/4/2001).


- Por que o eleitor em uma determinada eleição vota em dois candidatos a Senador, e em outra apenas em um?
O Senado é composto por 81 senadores – três por Estado – que sâo eleitos para um mandato de oito anos, o que corresponde a duas legislaturas. A cada quatro anos, quando ocorrem as eleições nacionais, o Senado é renovado em um terço (27 senadores) e dois terços (54 senadores), alternadamente.


- Um senador que for designado para ocupar um cargo no Executivo terá de renunciar?
Nâo. O senador poderá apenas se licenciar para ocupar cargos de nomeação no Executivo, como ministro de Estado, sem renunciar ao mandato. Durante seu afastamento, assumirá o mandato de senador o seu primeiro suplente. Em caso de impedimento do primeiro suplente, assume o segundo suplente. Ao voltar, o titular do mandato assume novamente o cargo.


- O que sâo layers?
Layers sâo camadas que podem ser sobrepostas aos mapas, com informações de divisâo política (municípios ou regiões administrativas, por exemplo) ou de infra-estrutura (rede ferroviária, linhas do metrô, etc.).


- O que é um mapa coroplético?
é um mapa no qual os dados sâo distribuídos em forma de faixas coloridas.


- O que é um mapa de exagero de pontos?
é um mapa no qual os dados sâo representados por círculos de tamanho e de cores variáveis.


- Como imprimir um mapa feito no sistema?
Só é possível utilizar os recursos do próprio navegador, que imprime o que está na tela. Por isso, recomenda-se cuidado para que nenhuma informação "sobre" na tela, além da impressâo no formato "paisagem", o que diminui a distorção da imagem.


- Qual é a diferença entre as formas de distribuição de dados do tipo linear, logarítmica e de freqüência?

  • De freqüência: distribui aproximadamente o mesmo número de registros em cada intervalo;
  • Linear: distribui os dados em intervalos de mesmo tamanho;
  • Logarítmica: gera as faixas a partir de uma base logarítmica, de forma a melhorar a representação de valores muito díspares.


- Quando clico em "Gerar Camadas", o mapa nâo aparece. O que fazer?
Isso ocorre quando o bloqueador de pop-ups do navegador está ativado. Tente desativá-lo ou, depois de clicar em "Gerar Camadas" (comando que salva o mapa no banco de dados), clique em "Visualizar Mapa".